Intercâmbio de Estudo e Trabalho

É mesmo possível trabalhar no exterior? Sim, em diversos países o intercâmbio de estudo e trabalho é possível, trabalhar normalmente é permitido enquanto cursa idiomas ou ensino superior. Os países que atualmente permitem estudo e trabalhos são: AustráliaEmirados Árabes, Espanha, FrançaIrlandaNova Zelândia Malta a partir do curso de idiomas, e CanadáEstados Unidos e Inglaterra para curso superior.

O melhor de tudo é que os trabalhos são remunerados, ou seja, ganhando em euro ou em dólar será possível custear uma parte das suas despesas do intercâmbio. Além de, é claro, voltar com uma experiência profissional internacional na bagagem.

Para os programas de intercâmbio de estudo e trabalho quando o estudo é do idioma não é necessário ter nenhum nível da língua. Já para cursos superiores é preciso ter um nível avançado do idioma, porém em algumas opções no Canadá e Inglaterra, por exemplo, o nível intermediário é aceito.

intercâmbio de estudo e trabalho
intercâmbio de estudo e trabalho

A colocação no mercado de trabalho fica por conta do aluno, mas fique tranquilo, a Day One irá te ajudar com a tradução do currículo e te daremos várias dicas para busca de empregos.

Além disso, temos agências bases, parceiras da Day One, em diversas cidades, que promovem workshops e oferecem cursos para auxiliar a conseguir o tão sonhado emprego.

O visto permite que o estudante consiga trabalho em qualquer área, inclusive na sua área de formação, mas lembre-se que quanto mais avançado o seu nível de idioma melhores serão as suas oportunidades de trabalho.

Para quem quiser fazer um intercâmbio de estudo e trabalho precisa optar por um curso de longa duração, normalmente é preciso estudar no mínimo 13 semanas para ter a permissão de trabalho em seu visto, mas atenção, essas regras variam de país para país. Assim como os pré-requisitos para visto. É por isso que a Day One está aqui, vamos te ajudar a encontrar a melhor opção para o seu projeto.

Principais destinos para intercâmbio
de Estudo e Trabalho:

Austrália

australia-day-one
Para estudar e trabalhar na Austrália é preciso contratar um curso de idiomas ou curso superior com duração mínima de 14 semanas.
 
O visto de trabalho na Austrália permite o trabalho de 40 horas a cada quinzena. Além disso, o governo normalmente concede um período de férias ao final do seu curso para trabalhar por período integral ou viajar. Esse período é de duração de um ou dois meses.

Nova Zelândia

nova-zelandia-day-one

A Nova Zelândia é outro país que oferece o programa de estudo e trabalho. Basta contratar um curso de idiomas ou profissional acima de 14 semanas em uma escola classificada como nível 1 perante ao NZQA (New Zealand Qualifications Authority).

intercâmbio de estudo e trabalho

Irlanda

irlanda-day-one

O programa de estudo e trabalho na Irlanda é composto de oito meses, nos quais seis meses são de curso e dois meses de férias. Esse programa é chamado de Academic Semester.

intercâmbio de estudo e trabalho

Espanha

mapa espanha

Na Espanha para estadias e cursos acima de 90 dias (3 meses) é necessário solicitar um visto de estudante. Estudantes que se matricularem em um curso acima de 180 dias (6 meses) tem permissão de trabalho de 20h semanais.

intercâmbio de estudo e trabalho

Canadá

canada-day-one

Para se candidatar ao programa de estudo e trabalho no Canadá o estudante precisar se matricular em um curso superior com duração mínima de seis meses.

intercâmbio de estudo e trabalho

Inglaterra

inglaterra-day-one
O visto de trabalho na Inglaterra chama-se TIER 4. Para ser elegível a esse tipo de visto é necessário contratar um curso superior em alguma universidade que tenha permissão para emitir o TIER 4. Existe a opção de cursar inglês dentro de uma universidade, e para cursos acima de 90 dias obter o visto de trabalho.
 
A quantidade de horas permitidas para trabalhar varia de 10 a 20 horas durante o período letivo e 40 horas durante as férias.

Estados Unidos

usa-day-one

Apesar de ter regras mais específicas para o visto de trabalho é possível estudar e trabalhar nos Estados Unidos. Mas esse programa é para quem tem o inglês avançado.

intercâmbio de estudo e trabalho

Emirados Árabes

emirados-arabes-day-one

Quem quiser ter uma experiência no Oriente Médio também poderá realizar um programa de estudo e trabalho, para isso é preciso cursar inglês com o tempo mínimo de 12 semanas.

Os estudantes de todos os níveis de inglês podem aplicar para o programa, porém dominar o idioma será um diferencial na hora de encontrar emprego.

França

mapa frança

O programa Férias-Trabalho entre Brasil e França entrou em vigor em 2018. Este programa possibilita jovens brasileiros de 18 a 30 anos aplicarem para um visto de trabalho de até um ano na França.

intercâmbio de estudo e trabalho

Malta

malta-day-one

Malta também entrou na lista dos países que permitem o estudo e trabalho. Para se candidatar o estudante precisa fazer um curso acima de 90 dias.

O aluno deve entrar com o visto de turista (permissão de até 90 dias), e em Malta solicitar a extensão em do visto em, no máximo, 14 dias após a chegada. Os estudantes podem começar a trabalhar após três meses de chegada ao país.

Solicite um Orçamento